quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

O que há Espanha?!

Nossos hermanos latinos americanos estão zangados conosco?!
O que vem acontecendo com esse povo?!
Agredindo a brasileiros!
Na semana após o ano novo um de nossos compatriotas denominado pelo
nome Guinga, um grande compositor, famoso por vários clássicos da música brasileira foi agredido no aeroporto de Madri por estar exaltado devido a falta de atenção da polícia espanhola ao caso do roubo de seu casaco. Um descaso total, segundo o músico, teve seus dois dentes quebrados após um soco que teria levado de uns dos policiais.
No fim de tudo, Guinga achou seu casaco na lata de lixo e sem o dinheiro,
segundo o compositor achou melhor não denunciar a agressão devido a falta de atenção da polícia aos brasileiros. Ainda esta semana do dia 26 de janeiro mais problemas. No mesmo aeroporto o de Madri alguns brasileiros não conseguiram embarcar no país de destino, alguns alegavam que era a falta de documentação, outros disseram que espanhóis não foram com cara de alguns brasileiros e outros dizem que um policial chamado Paco, berrava com eles.
O que será ao certo que está havendo com este povo?!
Será preconceito?!
Fica em desabafo este tópico.

2 comentários:

Eduardo Fernandes disse...

Caro amigo Thiago,

Em um primeiro instante fiquei realmente revoltado com o que aconteceu com o Guinga... Como eu disse: em um primeiro instante... Imagine duas casas, uma bem desenvolvida e harmoniosa, mesmo com seus defeitos... A outra casa, cheia de marginais, prostitutas, violência, drogas, apesar de ter moradores bons também... Se eu morasse em uma casa harmoniosa, não gostaria que alguém de uma casa tão desestruturada viesse na minha... Acho que é uma boa metáfora ao que acontece com Espanha X Brasil... O guinga foi vítima de um erro, de preconceito estúpido, concordo... Mas não durou nem 1 mês para que a Espanha, na chamada "Operação Carioca" prendesse uma quadrilha de 30 pessoas que falsificavam passaportes e cidadanias européias e, imagina só, são 30 BRASILEIROS! Veja que belo exemplo de imigrantes que o Brasil dá... Lá fora, somos muito bem vistos! Claro! Como o país das bundas gordas balançantes num ritmo batucado contagiante como um alucinógeno qualquer: o carnaval. Exportamos bundas, balas perdidas, assaltos e violência contra turistas que circulam por Copacabana... Lá fora, os guias turísticos distribuem um folheto turístico sobre o Brasil, descrevendo-nos como o país das mulheres e sexo fácil... E quando queremos dar um exemplo de cidadania, um exemplo de turismo qualificado à cara do Brasil, o que o noticiário mostra? A favela da Rocinha! O que esperar de um país que exporta prostituição e apresenta favelas como ponto turístico? De um lado, todo esse preconceito espanhol é estúpido, mas de outro lado, não sei se eu gostaria desse tipo de gente povoando o meu país, sejamos honestos! Olha a corrupção! Olha o nosso governo falso! É como já dizia Renato Russo há mais de 10 anos atrás, quando a coisa nem estava tão feia: "Terceiro mundo se for, piada no exterior"... E para fechar o caixão do nosso país-modelo, demos asilo político a um terrorista assassino italiano! Com a desculpa de que o Brasil é um país bondoso... rsrsrsrs... Piada... Ainda acha que a Espanha está errada em barrar brasileiros? Por que o Brasil não faz o mesmo com os espanhóis, já que lá também não há santos (basta lembrar dos terroristas do ETA)? Porque sabemos que o Brasil não tem pulso para isso... E que a juventude que outrora pintava o rosto e ia às ruas contra o governo corrupto, hoje se preocupa muito mais com a sessão "hortfruit" (mulher melancia, jaca, limão, graviola, cupuaçu...) do jornal meia-hora... Ainda resta a pergunta na boca do poeta: "Que país é esse?" e a resposta do público: "É a porra do Brasil!"...

Liza Luiza Luz disse...

Q orgulho!!!
Seu blog está recheado de expressões inteligentíssimas de uma mente que brilha cada vez mais.
Apesar do meu nada sofisticado conhecimento musical... Concordo com a sua indignação e ainda acrescento um olhar mais social, buscando a reflexão sobre Direitos Humanos.
Uma vez mesmo que involuntário vc me proporcionou uma magna aula sobre valores e que até hoje é muito presente na minha cabeça, mesmo eu ainda não sabendo utilizar.
Eu penso que os valores estão subvertidos. Ainda bem q existem pessoas como vc!!!
Muitos Bjs...