domingo, 22 de março de 2009

Espaço Alternativo: Interview - Thiago Suliano por Os Abreus!


T.S. -1. Como surgiu o nome Os Abreus?
O.A. - Pergunta clássica...rsrsrsrsr. Bem antes da banda se formar, eu já tinha essa ideia pra nome de banda, sobretudo porque meu sobrenome é esse, Abreu. Mas não foi nada forçado ou imposto. Mostrei o nome pro restante da trupe, achamos que o nome soava bem e ficou, de boa. Mas de vez em quando inventamos umas lendas e tal..só pra zoar o entrevistador, que não é o caso agora..rsrsr

T.S. - 2. Qual o objetivo da banda?
O.A. - O objetivo antes de qualquer coisa é divertir e nos divertir. Temos a preocupação de tocar as pessoas, de fazê-las felizes. Queremos aplausos sinceros. O objetivo é ver o sorriso estampado no rosto da plateia. Isso é que nos move.

T.S. - 3. Em qual estilo vocês se classificariam?
O.A. - Em estilo nenhum. Não nos classificamos. Deixamos essa tarefa pra vocês, público. Nossa função é tocar, apenas. Somos livres pra fazer qualquer tipo de música, sem rótulos, sem nos resumir. Em qual estilo você nos classifica??? rsrsrsr

T.S. - 4. Como vocês vêem a cena musical no Brasil atualmente?
O.A. - Eu particularmente conheço muita banda. Muitos trabalhos lindos, de se apaixonar a primeira vista. Mas tem muita coisa ruim também. Musica feita sem o menor esmero, sem carinho. No momento eu tenho escutado uma banda Paulista chamada: Gigante Animal e é bem bacana o som.

T.S. - 5. Quais influências a banda possui?
O.A. - Os Abreus é uma banda de influências per captas. Cada um traz suas influências. Sempre falamos que a banda vai de Chico Buarque a Led Zeppelin, de Mutantes a Paulinho Moska.

T.S. - 6. Quantas vezes há ensaios com a banda?
O.A. - Isso não é regra. As vezes tem 2 ensaios na semana. As vezes não tem nenhum.

T.S. - 7. Pé na estrada, como acontece o planejamento diário na vida de vocês?
O.A. - A banda já bateu muita cabeça com relação a agenda de shows. Hoje contamos com o Thiago Souza, que faz parte da equipe Abreus e cuida dessa parte, é quase um produtor, um manager. Nós tentamos marcar os shows com antecedência, pra não atrapalhar a vida pessoal da galera da banda e tal.

T.S. - 8. A quanto tempo a banda existe?
O.A. - A banda vai fazer 5 anos de vida, se não me falha a memória. Ela sempre falha..rsrsrsr

T.S. - 9. Os integrantes são os mesmos do início da banda?
O.A. - Não. A banda já teve outras formações. Antes tinha um cantor, que não eu. Eu tocava só a guitarra. O Charles num dado momento na vida da banda, começou a largar de mão, estava em outro astral, resolvemos em comum acordo que o tempo dele na banda havia acabado e o tiramos. Foi dolorido, porém necessário. Tinha um outro batera, o Kiki. Ele tinha uns problemas com horários e tal, trabalha em comércio, é foda. Entrou o David na batera e ficou. Foi ele que gravou o CD. Eu jamais queria ser o cantor. Os caras da banda dizendo que tinha que ser eu o cantor, porque eu conhecia o sentimento das musicas e etc. Sou o cantor agora..rsrsrs

T.S. - 10. O que a música representa na vida de vocês?
O.A. - Representa a nossa, a sua e a vida de todos. Musica nos faz sorrir, gritar, chorar, dançar. Quer mais representativo que isso?? rsrsrs

T.S. - 11. Hoje vocês são produzidos por Fábio Brasil Baterista do Detonautas, como rola essa integração?
O.A. - Eu conheço o Fábio já tem bem uns 12 anos. Antes mesmo dele ser um Detonauta. A coisa de produzir nosso CD foi bem relax. Ele que se convidou..rsrsrsr. O CD já estava gravado, faltando mixar e masterizar. Fizemos o trabalho final juntos, lá na casa dele. Fábio saca muito de som, não é apenas um excelente baterista, é conhecedor de música. Foi bem simples ser produzido por ele. Ele tinha o controle total. Já conhecia o som da banda, nossas preferências. Fluiu numa boa. Ainda rola a chinfra de sermos convidados pelo Detonautas pra abrir show deles. Isso que é produtor..rsrsrsr

T.S. - 12. As composições, de quem são as letras?
O.A. - Sou o compositor. Tarefa bastante difícil. As vezes escrevo umas cinco musicas, mas passo na peneira o que cabe e o que não cabe nos Abreus. Ainda tem a peneira dos outros integrantes, que nem sempre aceitam tudo. As vezes não aceitam nenhuma..rsrsrs

T.S. - 13. Como fazem os arranjos das músicas?
O.A. - Basicamente eu levo a musica crua pros ensaios, ou mostro pra algum deles antes mesmo do ensaio. Quase sempre componho tudo de uma vez. Arranjo de tudo. Levada de batera, linhas de baixo. Coisa de gente doida..rsrsrs. Mas tudo se resolve mesmo é no ensaio, quando cada um interfere na canção, opina nos arranjos e tudo mais.

T.S. - 14. Como sabemos, hoje vivemos num mundo globalizado, onde novas mídias atuam. Para vocês de que maneira a Internet é vista para a música?
O.A. - A Internet é tudo. Sem a Internet, esta entrevista seria muito mais difícil..rsrsrs

T.S. - 15. Arte, como a definem?
O.A. - Eu não defino nada. Essa coisas são muito particulares, íntimas. Na última sexta-feira eu assisti um show de uma banda chamada, Confronto. Não é o tipo de música que ouço na minha casa ou ponho no carro pra viajar, mas os caras são foda. São barulhentos ao extremo, malvados. Tocam pra caralho. Vários jovens felizes e contentes dando um mosh atrás do outro. Eu já ouvi várias pessoas dizerem que esse tipo de musica não é arte, que são barulhentos, só gritam no microfone e etc. Ai eu pergunto: Os rabiscos coloridos e loucos de Picasso é arte????? Eu entendo essa coisa de definir arte de uma maneira apenas: ou você gosta ou não gosta. Simples.

T.S. - 16. O que Os Abreus representa para o público, e o que o público representa para Os Abreus?
O.A. - Os emails que recebo, os aplausos, os apertos de mãos que vem do público é o que nos alimenta, nos da força pra seguir. Os Abreus deu uma guinada nesses últimos meses. Isso porque você gosta, porque seu amigo acha aquele solo legal, porque seu outro colega acha uma musica ou outra bonita. Isso representa nossa energia. Mas o que Os Abreus representa para o público? essa eu deixo pro público..rsrsrsr

T.S. - 17. Sobre o que falam as canções?
O.A. - As canções falam da vida. Da minha e da sua. São letras que tratam do cotidiano de qualquer humano. Assim como definir a arte, as musicas fala pra cada um, o que cada um acha. Quando terminamos o arranjo de uma canção e ela esta pronta, ela não é mais nossa e sim, de todos.

T.S. - 18. Quantos discos a banda possui na carreira?
O.A. - Acabamos de lançar nosso primeiro CD. O selo independente Tamborete Entertainment do Panço, que lançou a bolachinha. Temos planos de lançar o segundo ainda esse ano. Reza a lenda..rsrsrs

T.S. - 19. Agendas, contatos, etc como estão?
O.A. - Estamos com uma carga boa de shows. Não basta lançar o CD, tem que tocar. Possivelmente vamos fazer um circuito de Lonas. O projeto é do nosso selo e serão shows com bandas do selo. Pra frente adianto mais coisas, eu mesmo não sei de nada ainda. Em Maio dever rolar shows com o Zefirina Bomba, que são de João Pessoa e Gigante Animal. Vamos torcer!!!

T.S. - 20. Para finalizar o que Os Abreus esperam para o futuro?
O.A. - Do futuro não esperamos nada. Esperamos do presente, do hoje, do agora. Esperamos que todos possam conhecer Os Abreus e se divertirem.

http://www.myspace.com/osabreus2007
http://www.fotolog.com/osabreus
http://www.youtube.com/osabreus

3 comentários:

gabi disse...

Abreus!!!!
:)
ótima entrevista!

Thiago disse...

descobri coisas aqui.

Junior Abreu disse...

valeu ae Thiago
grande moral
abração